aqui ou algum lugar

Reflexões de Cotidiano, crônicas sobre os aspectos mais corriqueiros das nossas vidas, do sentido da vida à mobilidade urbana, e tudo mais o que puder fazer aqui ou qualquer lugar melhor. Vamos pensar juntos?!

Turismo de Cotidiano. Um estilo de viajar, a partir de experiências e atenção sobre o dia-a-dia. Conhecer algum lugar além dos principais atrativos turísticos. Por seu sabores, cheiros, costumes e histórias que fazem qualquer local muito especial. Vamos viajar juntos?

Sabático, palavra de origem hebraica que significa repouso, é um período que algumas pessoas decidem tirar para repensar suas carreiras e vidas. Sair da rotina para tomar novos rumos. Conheça como foi a experiência!

Melhor prevenir do que remediar.

30/05/2013

0 Comentários

Acompanhar
Amazônia, Manaus

Amazônia, Manaus

Quando vamos viajar, uma das recomendações fundamentais é planejamento. Neste sentido, planejamento sobre os cuidados de saúde não podem ser esquecidos. Principalmente se o roteiro inclui lugares mais afastados ou com histórico de doenças ou necessidades de vacinas. Encanada que sou, para ir para a Amazônia, os cuidados deveriam ser bem pesquisados e explorados.

A primeira ação certamente é pesquisa no oráculo Google, que sabe tudo. Porém, também há muita desinformação na internet. Adoro principalmente as citações atribuídas aleatoriamente a qualquer autor. De fato, como saber se você está realmente tomando todos os cuidados necessários? Pesquisei bastante sobre o assunto e, ainda na internet, com tudo de verdadeiro que também está aqui, descobri o Centro de Apoio ao Viajante no Instituto Emilio Ribas. Claro, eu fui lá conferir.

O serviço é muito bacana. O atendimento fica junto ao posto de vacinação. Você poder marcar um horário com o médico do viajante e ele te passa todas as orientações. Cuidados com alimentação, mecanismos para proteção contra os insetos, dicas de segurança e esclarece suas dúvidas. Lá mesmo eu tomei a vacina antitetânica, a única que faltava, pois já tenho de febre amarela e hepatite B.

Uma das minhas principais perguntas era sobre a malária, que não tem vacina. O cuidado único é evitar a picada do mosquito transmissor. Bom, eu me cuidei bastante, mas já sei que qualquer sintoma é bom procurar cuidados médicos, pois a doença pode ficar incubada até seis meses. Já voltei há algumas semanas e estou me sentindo ótima. Lá em Manaus descobri que, felizmente, a doença está razoavelmente controlada. Mesmo assim, eu passava minha cota de repelente várias vezes por dia.

Não que eu ache que vá acontecer algo, pelo contrário. A experiência foi incrível!!! Vale a pena, com certeza. Mas, bom mesmo é se preparar bem para a experiência, seja ela qual for. Em termos de saúde e segurança, tomar os cuidados básicos para evitar que algo mais grave aconteça. Afinal, como dizia minha mãe, melhor prevenir do que remediar!

  • Tags:

Deixe seu comentário sobre Melhor prevenir do que remediar.

Faz sentido?! Compartilhe suas ideias também.

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Desinformação e despreparo aumenta a confusão.

05/02/2014

1 Comentário

Acompanhar

A visão de quem estava na situação da parada ontem na linha vermelha do metrô em São Paulo. Já era começo da noite quando resolvi voltar para casa, apesar da claridade do pôr-do-sol às 19h20 nesse verão intenso. Depois de uma reunião produtiva na Zona Leste de São Paulo, me dirigi até o metrô para voltar à Zona Oeste da capital paulista onde moro. Ingênua, como uma das maiores defensoras do metrô e adepta convicta do transporte público, até elogiei […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...