aqui ou algum lugar

Reflexões de Cotidiano, crônicas sobre os aspectos mais corriqueiros das nossas vidas, do sentido da vida à mobilidade urbana, e tudo mais o que puder fazer aqui ou qualquer lugar melhor. Vamos pensar juntos?!

Turismo de Cotidiano. Um estilo de viajar, a partir de experiências e atenção sobre o dia-a-dia. Conhecer algum lugar além dos principais atrativos turísticos. Por seu sabores, cheiros, costumes e histórias que fazem qualquer local muito especial. Vamos viajar juntos?

Sabático, palavra de origem hebraica que significa repouso, é um período que algumas pessoas decidem tirar para repensar suas carreiras e vidas. Sair da rotina para tomar novos rumos. Conheça como foi a experiência!

Balneários em Bonito, opção mais em conta!

20/09/2014

0 Comentários

Acompanhar
Peixes no Balneário Municipal de Bonito (MS)

Peixes no Balneário Municipal de Bonito (MS)

Bonito é realmente um daqueles lugares incríveis e lindos que do Brasil. Não conheço uma pessoa que visite a região que não se surpreenda com a beleza do lugar. Também está na minha lista de ultra recomendados no país para uma visita. Já fui duas vezes para lá, e sei que voltarei mais algumas vezes. Referência em ecoturismo, são muitas e diferentes tipos de passeios, como a famosa Gruta do Lago Azul e o Buraco das Araras na cidade vizinha Jardim. Mas são os rios repletos de peixes que formam as atrações principais do lugar.

Para garantir a preservação da natureza e das atrações, todas as visitas são super controladas e para entrar em cada uma delas é necessário pagar alguma taxa por uma das muitas agências que ficam no centrinho da cidade. Parece que os preços são tabelados, mas não são muito baratos. Aquela junção de controle de entrada, somada ao hábito bem brasileiro para encarecer algumas coisas. Claro, para conhecer bem Bonito e região, é importante estar um pouco disposto a desembolsar algumas quantias nos passeios. No entanto, também é possível se divertir bastante nos balneários da cidade, passeios de dia inteiro para aproveitar bem os lindos e transparentes rios cheios de peixe.

Os balneários seriam a opção mais para turismo de cotidiano em Bonito mesmo. Conheço amigos de Campo Grande, que, pela proximidade de Bonito, apenas 300 km, acabam indo mais vezes para lá para curtir um feriado ou umas férias rápidas. Os balneários se tornam, de fato, atrações principais, no equivalente à atmosfera praia no litoral. Assim como as praias, por exemplo, de São Paulo, num feriado e na alta temporada, os balneários provavelmente estarão mais lotados.

 

No geral, como funcionam?

  • O visitante para uma taxa fixa de entrada e pode ficar o dia inteiro. Os preços variam de R$ 20 a R$ 35.
  • Se estiver de carro, basta ir aos balneários (não precisa reservar com as agências de turismo)
  • São locais com várias saídas de rio, espaço para tomar sol, e até alguns brinquedos para crianças.
  • É possível locar boia-cross, snorkel, colete salva-vidas e outros apetrechos para curtir mergulhos, flutuações e entrada nos rios. Mas leve sua toalha!
  • Tem restaurantes e barzinhos para comer e beber, apesar de que, em todos que eu almocei, a comida não empolgou tanto como alguns restaurantes no centrinho da cidade.
  • Mas também você pode levar algumas coisas, se preferir. Muitos oferecem quiosques e churrasqueiras. Na companhia de sul mato-grossenses, o tereré não irá faltar.

 

Já tive a oportunidade de ir em alguns balneários lá!

Balneário Municipal: é o mais perto do centro da cidade e o primeiro que visitei. O que mais me chamou a atenção foi a quantidade de peixes no rio. Também é bem legal o fato de ser gratuito para moradores de Bonito!

Balneário do Sol: quando fui, em janeiro, estava bem cheio. É bem grande e bonito, e tem algumas tirolesas e trampolins interessantes. Só o serviço do restaurante que deixou um pouco a desejar, porque estava bem desorganizado. Mas talvez fosse o dia cheio, não sei. Fica uns 12 km do centro.

Balneário do Sol, Bonito (MS). Foto: Roseli Ferreira

Balneário do Sol, Bonito (MS). Foto: Roseli Ferreira

Balneário do Gordo: combina Balneário e Camping, com apenas um barzinho. Com uma infraestrutura menor, acaba tendo isso como charme, por ser menos lotado do que os maiores. Não tem nenhuma atração específica, mas também é possível locar snorkel e coisas do tipo. Fica 16 km do centro, parte em estrada asfaltada, parte em estrada boa de terra.

Balneário do Gordo, Bonito (MS)

Balneário do Gordo, Bonito (MS)

Balneário da Ilha Bonita: para mim, um mistério. Quando estivemos lá em janeiro, ao perguntar sobre o balneário mais legal e bonito, todos recomendavam a Ilha Bonita. Lá fomos nós, curiosos e animados. Alguns quilômetros (acho que por volta de 12 km) para chegar no tal balneário, descobrimos na porta que não estava funcionando como balneário, apenas para hospedagem e somente os hóspedes poderiam desfrutar as atrações. Hoje, para escrever esse post, ele consta nas listas de balneários, mas recomendo pesquisar antes de ir até lá!

Praia da Figueira: este não fui, então não posso falar muito. Só sei que as opções se dividem bem, uns dizem que é o mais lindo, outros que nem tanto pelo preço. Está na listinha para a próxima ida à Bonito para tirar a dúvida!

E você, já foi para Bonito? Alguma dica de lá ou sobre os Balneários?!

 

Deixe seu comentário sobre Balneários em Bonito, opção mais em conta!

Faz sentido?! Compartilhe suas ideias também.

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Desinformação e despreparo aumenta a confusão.

05/02/2014

1 Comentário

Acompanhar

A visão de quem estava na situação da parada ontem na linha vermelha do metrô em São Paulo. Já era começo da noite quando resolvi voltar para casa, apesar da claridade do pôr-do-sol às 19h20 nesse verão intenso. Depois de uma reunião produtiva na Zona Leste de São Paulo, me dirigi até o metrô para voltar à Zona Oeste da capital paulista onde moro. Ingênua, como uma das maiores defensoras do metrô e adepta convicta do transporte público, até elogiei […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...