aqui ou algum lugar

Reflexões de Cotidiano, crônicas sobre os aspectos mais corriqueiros das nossas vidas, do sentido da vida à mobilidade urbana, e tudo mais o que puder fazer aqui ou qualquer lugar melhor. Vamos pensar juntos?!

Turismo de Cotidiano. Um estilo de viajar, a partir de experiências e atenção sobre o dia-a-dia. Conhecer algum lugar além dos principais atrativos turísticos. Por seu sabores, cheiros, costumes e histórias que fazem qualquer local muito especial. Vamos viajar juntos?

Sabático, palavra de origem hebraica que significa repouso, é um período que algumas pessoas decidem tirar para repensar suas carreiras e vidas. Sair da rotina para tomar novos rumos. Conheça como foi a experiência!

Amigos, conhecidos, pessoas desta viagem – Parte II

07/11/2012

3 Comentários

Acompanhar

“O sal da vida é a amizade.” Juan Luis Vives

É impressionante, quando você faz amigos ao longo da estrada, a viagem como um todo fica mais interessante, mais diversificada, mais completa, como já comecei a contar no post anterior. As pessoas dão um colorido diferente e sempre nos ajudam e conhecer muito mais sobre cada lugar, independente de serem locais, como as recebidas de Sera ainda em Viena, ou turistas como eu que sempre dão dicas por aí ou se juntam em explorações pelas cidades (risos).

Mustafa em Istambul, Turquia

A segunda fase do mochilão na Turquia foi prova disso. A minha viagem no país foi diferente com as valiosas dicas locais valiosas do amigo de sempre boas conversas conhecido em Paris, Mustafa, somadas à ajuda do seu amigo Murat realmente com uma boa estrutura de turismo tradicional no país.

Com Hannah, Brandy e Kim em Istambul

Mas não foi uma Turquia apenas de passeios, mas muito boas interações. Já em Istambul, uma turma excelente de exploração na cidade, composta pela amável australiana Kim, a sossegada também australiana Hannah, a super animada californiana Brandy, incluindo depois, com muita diversão, o elegante alemão Stefan e o queridíssimo catalão Lluis, amigo já reencontrado em Londres. Este grupo fez, com toda a certeza, minha temporada em Istambul especial. Aliás, uma das cenas memoráveis da viagem foi justamente a feliz “aquisição” de Stefan e LLuis ao nosso grupo. Estávamos numa parada estratégica para o café enquanto passeávamos pelos corredores lotados e repletos de variedade no mercado indiano, quando Brandy levanta repentinamente e começa a gritar: “Stefan, Stefan”. Me viro e vejo um rapaz olhando para os lados com aquela cara “Meu Deus, estou ouvindo vozes, quem está me chamando?!” (um pocado de exagero, claro!). Os dois são amigos de uma viagem anterior, na Nicarágua, mas haviam criado aquela amizade profunda de viagem, e não tinham ideia que estavam ao mesmo tempo em Istambul. Coincidências inexplicáveis da vida, me perdoem os céticos (risos).

Lluis, Stefan, Brandy e Kim na Turquia

A jornada pelo interior do país foi ainda mais intensa para atestar que sou mesmo uma People Person. Já na Capadócia, a excelente companhia campineira com Silva e Marco (ainda vou para Campinas “filar”aquele almoço, hein?!); a turma de uruguaios, a simpática portuguesa Herminia, além das amigas de Goiânia com as dicas caseiras para me ajudar a cuidar da palha meio piaçava que a Turquia tinha transformado meu cabelo.

Na Capadócia, com Silvia e Marco

Em Kahta, com Magda e Merve

Já em Kahta, o momento único ao participar de uma das celebrações de um casamento turco e ter como anfitriã a adorável Merve, até hoje em contato, ao lado da australiana Magda, amiga também em jornada sabática com direito a muitas conversas, das sérias às de extremas risadas.

Foram muitas pessoas bacanas pelas estradas da Turquia, como a irreverente australiana Olivia, o casal de australianos Robyn e Wilson, e os húngaros Margarida e Theodoro com seu português excelente depois de terem vivido alguns anos no Brasil. Amizades importantes para aprimorar o olhar a um país de intensa cultura e diversidade em relação aos nossos padrões.

Turma em Nemrut, Turquia

Com Olivia e Magda em Fethyie, Turquia

Com James e Yavuz no Gran Bazar em Istambul, Turquia

E quando é para fazer amizade, definitivamente a vida mexe seus pauzinhos. Bom, de que outra maneira posso a coincidência maravilhosa de encontrar o James no mercado turco em Istambul. Eu sei, em tempos de novela com cenas internacionais, no mais batido roteiro das novelas dessa autora, parece mesmo ceninha fabricada esses tais encontros “Nossa, não acredito você por aqui” nos inúmeros corredores do Gran Bazar. Mas não é que acontecem?! Conheci o James numa das últimas cidades que passei na Turquia, para conhecer Ephesus, resquícios de uma cidade greco-romana, e tivemos a feliz coincidência de pegar o mesmo ônibus, com mais de 12 horas de viagem, para retornar para Istambul. Não preciso dizer o quanto conversamos, né?! Quem me conhece sabe que adoro um bom papo. O plano era mesmo nos encontrarmos para fazer comprar no mercado, mas acabamos nos desencontrando para combinar como nos encontramos. Bom, mas a vida se encarregou. Na primeira loja que eu parei, quando viro para o lado dou de cara com James e seu amigo turco, com direito a ajuda na negociação das comprinhas e contato garantido daqui pra frente!

Com Megan e Danielle em Dubrovonik, Croácia

Agora escrevendo este texto percebo que realmente a segunda etapa da viagem foi de exploração de países, e posso considerar composta por Turquia e Croácia, paíshttp://www.aquioualgumlugar.com.br/sabatico/paises-sabatico/croacia/natureza-azul-estupidamente-azul/! Também na estrutura de viagem na base de rodovias e ônibus, tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis, como as neozelandesas Megan e Danielle, que receberam de mim uma lista com uma variedade enorme de quitutes brasileiros para experimentar numa viagem para os lados de cá!

Com Louisie em Dubrovinik, Croácia

 

Llousie, com suas preciosas indicações de livros britânicos e roteiros pelo Reino Unido. O engraçado português Antonio, e sua viagem também de alguns meses e mais uma grande mudança na vida, comprovando que podemos ter muitas “carreiras” e negócios ao longo de uma vida. As amigas que montaram um hostel, Sat e Vanessa, e excelentes conversas. E mais tantos outros croatas e turistas nas conversas pelas praias e o estonteante azul do Mar…

Sat, Antonio, e Vanessa em Zadar, Croácia

Mirjade em Plitivice Lakes, Croácia

 

 

Baterias recarregadas para a terceira etapa da viagem, com muitos mais amigos para enriquecer a experiência… é, eu sabia que não conseguir escrever em apenas um post… mais logo menos!

3 Comentários

  • Elaine R. R. Giusti disse:

    Nossa, Ju, quantos lugares e quantas pessoas. Com certeza enriqueceu e muito a sua viagem. Adorei relembrar cada passagem que você descreveu, para quem acompanhou sua viagem pelo blog (como eu…rsrsrsrs). Bjs

Deixe seu comentário sobre Amigos, conhecidos, pessoas desta viagem – Parte II

Faz sentido?! Compartilhe suas ideias também.

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Desinformação e despreparo aumenta a confusão.

05/02/2014

1 Comentário

Acompanhar

A visão de quem estava na situação da parada ontem na linha vermelha do metrô em São Paulo. Já era começo da noite quando resolvi voltar para casa, apesar da claridade do pôr-do-sol às 19h20 nesse verão intenso. Depois de uma reunião produtiva na Zona Leste de São Paulo, me dirigi até o metrô para voltar à Zona Oeste da capital paulista onde moro. Ingênua, como uma das maiores defensoras do metrô e adepta convicta do transporte público, até elogiei […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...