aqui ou algum lugar

Reflexões de Cotidiano, crônicas sobre os aspectos mais corriqueiros das nossas vidas, do sentido da vida à mobilidade urbana, e tudo mais o que puder fazer aqui ou qualquer lugar melhor. Vamos pensar juntos?!

Turismo de Cotidiano. Um estilo de viajar, a partir de experiências e atenção sobre o dia-a-dia. Conhecer algum lugar além dos principais atrativos turísticos. Por seu sabores, cheiros, costumes e histórias que fazem qualquer local muito especial. Vamos viajar juntos?

Sabático, palavra de origem hebraica que significa repouso, é um período que algumas pessoas decidem tirar para repensar suas carreiras e vidas. Sair da rotina para tomar novos rumos. Conheça como foi a experiência!

dezembro 2012

Tudo o que cabe em um ano

30/12/2012

6 Comentários

Acompanhar

Mais um ano se passou. Como hábito estabelecido, chega também aquele momento de avaliar os acontecimentos e o pensamento daquilo que se deseja para o ano novinho a começar em poucas horas. Não sei quanto a vocês, mas eu sempre fico lembrando como eu estava, o que fazia e como me sentia há exatamente um ano. Como foi o Natal, quais eram as conversas, o que me deixava feliz e triste, o que eu sonhava, do que eu fugia, o […]

Leia mais...

Buenos Aires no ano novo, ou em qualquer tempo.

26/12/2012

5 Comentários

Acompanhar

Há dois anos passei a virada do ano em Buenos Aires. Foi um momento muito especial, o começou de uma grande mudança que ainda estou fazendo em minha vida, ou melhor, na minha forma de encará-la. Fiquei quase dois meses na Argentina, visitando ainda Salta e Jujuy, para aprimorar o espanhol. Quando voltei, organizei um documento com as minhas dicas da cidade portenha para alguns amigos. Todos, sem exceção, me recomendam publicar essas dicas no blog. Então aí vai! Perto […]

Leia mais...

Em tempos de verdadeiro espírito natalino, eu tenho pesadelos de ordem prática.

23/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Os preços no Brasil me assombram! Não é possível, qualquer vestidinho básico, vendido em loja de rua em bairros nem tão centrais em São Paulo, custa mais de R$ 100. Nós temos noção de quanto realmente são R$ 100?! Cerca de 50 dólares, quase 40 euros, 30 libras esterlinas. Pensando em peças do mesmo nível, dá para comprar uns dois ou três vestidos da Inglaterra. Tudo é ultra caro no Brasil! Roupas, carros, eletrônicos, comida e por aí vai! No […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Top “nervosos”, aquelas situações quando o sangue sobe!

07/12/2012

1 Comentário

Acompanhar

Já que é uma retrospectiva, como não falar daquelas situações que tiram um ser humano do sério? Quando comecei a escrever alguns micos, percebi que algumas delas foram, de fato, cenas que definitivamente me irritaram, quando meu sangue subiu, como diz a expressão popular. É interessante como esse tipo de “causo” realmente marca, muitas pessoas sempre me perguntam sobre a saga com a Vodafone na Alemanha, com certeza uma das situações Top Raivas da viagem. Para quem não viu, por […]

Leia mais...

Os maiores micos e furadas

01/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Vamos combinar, se toda viagem tem suas furadas, imagina sete meses? Se não são causos de pescador, são contos de viajantes – aquelas cenas engraçadas que você vai sempre contar e relembrar. Claro, eu não posso reclamar, não passei nenhum grande perrengue na viagem. Mas passei sim por algumas situações engraçadas que sempre viram estórias para contar. De tanto repeti-las nas minhas conversas presenciais, resolvi contar algumas delas aqui também. Muitas cenas são esperadas, como nas complicadas ruas de Sevilla, […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Desinformação e despreparo aumenta a confusão.

05/02/2014

1 Comentário

Acompanhar

A visão de quem estava na situação da parada ontem na linha vermelha do metrô em São Paulo. Já era começo da noite quando resolvi voltar para casa, apesar da claridade do pôr-do-sol às 19h20 nesse verão intenso. Depois de uma reunião produtiva na Zona Leste de São Paulo, me dirigi até o metrô para voltar à Zona Oeste da capital paulista onde moro. Ingênua, como uma das maiores defensoras do metrô e adepta convicta do transporte público, até elogiei […]

Leia mais...

Rumo ao minimalismo! Ou nem tanto… coisas desnecessárias que carreguei durante a viagem.

12/12/2012

3 Comentários

Acompanhar

Viajar por mais de seis meses com apenas uma mochila nas costas é um belo desafio. Um dos maiores benefícios também é aprender a viver com pouco. De fato, precisamos de bem menos coisas do que imaginamos, mesmo que, respeitando uma tradicional preocupações femininas, seja fundamental ter diversas opções para não parecer que está sempre com a mesma roupa. Apesar de, quase sempre, usarmos as mesmas peças do armário corriqueiramente. Confesso que logo no começo eu não estava preparada com […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...

Turismo de Cotidiano

22/03/2012

39 Comentários

Acompanhar

Cada um tem um estilo de viajar. Alguns são apaixonados por museus e castelos. Outros fascinados pela gastronomia. Há aqueles que aproveitam mais a noite do que o dia. Além dos muitos brasileiros que de verdade estão enlouquecidos com as compras. Com uma pitada de cada um desses estilos, descobri o meu estilo de viagem (e acredito que inclusive inventei o termo…): turismo de cotidiano. Sabe aquela caminhada despretensiosa por algum bairro, sem exatamente saber qual o destino final, observando […]

Leia mais...

Vegetariana com benefícios / Vegetarian with benefits

23/04/2012

17 Comentários

Acompanhar

A definição não poderia ser melhor e mais engraçada. Afinal, é realmente complicado dizer que você é uma “peixetariana”. Na maioria dos locais é mais fácil dizer que se é vegetariano, ainda mais quando você não sabe a língua. Mas aí alguém oferece uma opção com peixe ou frutos do mar… hummmm. Como eu sempre digo, não como nada que andou ou voou, só o que nadou! A expressão “vegetarian with benefits”, espontaneamente dita por Billy, querido amigo canadense, ainda […]

Leia mais...